“Se eles não me valorizam, é feio pra eles” desabafa primeira cantora da Banda Cheiro de Amor

0

Um dos nomes mais importantes da cena axé music resolveu abrir o coração e revelar a mágoa que sente por não ser respeitada pela ‘Cheiro de Amor’ como a primeira vocalista mulher da banda.

Em 1982 Laurinha Arantes fez parte da Banda Pimenta de Cheiro, atual Cheiro de Amor e se destacou como a primeira mulher a puxar um bloco de trio elétrico. Após 3 anos na banda seguiu em carreira solo, sendo substituída por Marcia Freire.

Em entrevista ao Canal da Lisa Gomes, Laurinha contou da emoção que sentiu pela primeira em puxar um bloco de carnaval em Salvador, “Nunca imaginei que aconteceria o que aconteceu. Nunca me vi na avenida, com aquela multidão toda, era uma coisa linda. O Cheiro de Amor nunca saiu de mim, completou 20, recentemente 40 anos e eu nem fui nem citada” lamenta.

Laurinha chegou a questionar à direção da banda sobre sua história com a Cheiro de Amor. Segundo a cantora, eles culpam os assessores de imprensa que não incluem o nome dela nos releases, “Se eles não me valorizam, é feio pra eles, pro Cheiro. Quem viveu aquela época sabe quem sou eu e o que representei , a história tá aí! Eles não me citam nos releases e não me valorizam mesmo. Eles esqueceram de mim, mas eu não” desabafa.

Laurinha Arantes continua sobrevivendo da música, do teatro e investiu numa loja de perucas e em trabalhos manuais de pintura em gesso.

 

Assista a entrevista completa:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.